terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Tipos de Cartas de Motoristas no Brasil

Atualmente, existem vários permissão para dirigir motos diferentes. Em Portugal temos:

Carta de condução Classe AM


Até maio de 2010, foi chamado de Licença de Condução de Ciclomotores. A idade mínima para poder obtê-lo são 15 anos. Com esta permissão pode conduzir ciclomotores de 2 ou 3 rodas, com cilindradas que não excedam a 50 c. c. e quadriciclos ligeiros com velocidades inferiores a 45 Km/h.



O exame teórico tem 20 perguntas, podendo falhar 2 no máximo e, além disso, há que fazer um teste no circuito.

Carta de condução Classe A1


Se você tem mais de 16 anos, poderá apresentar-se aos exames para obtenção dessa autorização. Com ele, você pode conduzir motociclos ligeiros sem carro lateral, com uma cilindrada máxima de 125 c. c. e uma potência máxima de 13 CV (11 kW). A relação potência/massa não pode exceder 0,11 kW/kg

Também poderá conduzir triciclos a motor com potência máxima de 15 kW e todos os incluídos na carta AM.

A lei exige aprovação em 4 exames:


  • Teórico de circulação rodoviária se você não tem nenhuma outra permissão.
  • Teórico específico da classe A1. 30 perguntas com um máximo de 3 falhas.
  • Exame prático em circuito fechado.
  • Exame prático em circulação aberta de cerca de 30 minutos.
  • Carta de condução Classe A2

Você tem que ter 18 anos e permite conduzir:

Todos os incluídos na carta de Condução Classe A1.
Motociclos com ou sem carro lateral, com potência máxima de 35 kW /47 CV (sem limite de cilindrada) ou motociclos com ou sem carro lateral, que não tenham uma relação potência/massa igual a 0,2 kW/kg, Isso inclui motos limitada se a potência de série, não superior a 70 kW/96 CV.
4 outros exames:

  • Teórico de circulação rodoviária. Isento se você já tem a permissão A1 ou B.
  • Teórico específico de motocicletas. Isento se você tem a permissão A1.
  • Exame prático de manobras em circuito fechado. Isento se tiveres o A1 com mais de 2 anos de idade.
  • Exame prático de circulação na via pública. É similar ao do A1, mas com uma moto mais potente.
  • Cartas de condução Classe A

Você precisa ter cumprido los20 anos, já que esta licença requer ter estado na posse da Licença A2 durante pelo menos 2 anos. A Permissão de Classe A habilita a condução, na via pública de motocicletas de qualquer potência e peso; e de todos os veículos autorizados pelas permissões AM, A1 e A2.

Para obter esta autorização, a lei exige fazer um curso de formação específica da Direcção-Geral de Viação, que é ministrado em escolas e centros autorizados.

Carta de condução categoria B


Com a permissão da classe B, em vigor, e uma criança de 3 anos, podem conduzir (apenas na Espanha) motocicletas cuja condução autoriza a permissão da classe A1.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Problemas com o armazenamento nas grandes cidades

O problema do espaço urbano foi preconizado por diversos autores da literaturas, como, por exemplo, as teorias Malthusianas, onde o crescimento da população seria infinitamente maior do que a produção. Nos tempos atuais, em grandes metrópoles, como São Paulo, podemos notar a necessidade de áreas para produção ou armazenamento de bens, como a gestão de estoques de produtos.

O Serviço de Self Storage é um negócio em constante evolução, sobretudo em SP, que conta com o maior conglomerado urbano do Brasil.

As empresas de guarda móveis estão apenas crescendo, e isso graças a crescente demanda por boxes de armazenamento.


Fatores a serem analisados


Na hora de escolher a empresa de guarda móveis a ser utilizada, deve-se colocar em pauta:

  1. Preços
  2. Segurança
  3. Praticidade
  4. Seguros
Tudo isso deve ser levado em conta, uma vez que são pontos que regerão a eficiência do seu armazenamento.

Alguns grandes escritórios de advocacia têm optado por deixar todo seu arquivo morto nesse tipo de serviço, uma vez que possuem segurança garantida e até certo conforto.

Vale lembrar que a restrição de áreas deverá ser feita de forma minuciosa. Poucas empresas fornecem um sistema realmente eficaz para o controle de acesso, então, é necessário verificar com perícia os termos e proposições da empresa de self storage.

A melhor empresa de guarda móveis em SP é SISP que fornece atendimento 24h por dia, pratica preços justos e condizentes com o mercado. Além disso, é uma das poucas no estado de são paulo que possuem um site que realmente traz boas informações.


Quais os benefícios diretos e indiretos?

Optar por uma boa empresa de self storage, além de livrar espaço na sua residência, consegue:

  1. Trazer mais segurança, uma vez que os itens de valor poderão ser alocados em outras áreas;
  2. Trazer conforto, uma vez que a residência não terá itens pouco utilizados ocupando espaço;
  3. Trazer tranquilidade, considerando que os móveis estarão em uma empresa de segurança, como a SISP;
  4. Diversos outros benefícios para você!
Acredito que a informação a ser passada era essa. Se você está com problemas de armazenamento, essa pode ser a melhor solução, uma vez que alia baixo custo e traz qualidade de vida!

Essa é mais uma dica do mestre que vos fala, Hélio Pimenta! Até a próxima, queridos!

Dicas de Trânsito e Segurança pelo Detran

Para ser um bom condutor no volante é necessário conhecer bem as regras de trânsito, evitando assim, acidentes e até mesmo sabendo quando você está certo e o outro motorista errado ou vice-versa. 

Quando vamos realizar o processo de tirar a Carteira de Habilitação nos submetemos a um curso chamado CFC, onde aprendemos as leis do trânsito. 

A questão é que muitas pessoas consideram esse CFC entediante e acabam deixando passar algumas dicas e regras para ser um motorista prudente. Se você está tirando a sua habilitação, mas ainda têm algumas dúvidas sobre as leis de trânsito, você está no lugar certo, neste texto iremos dar dicas de trânsito e falar sobre as normas necessárias para ser um bom condutor. Veja outras leis no site do Detran SP!

Empecilho no trânsito


A primeira dica e norma parece boba, mas pode estressar muita gente. Todos que fizeram o CFC têm noção que a faixa da esquerda é usada só para ultrapassagens, o problema é que existem aqueles motoristas que "morrem" na faixa da esquerda e acaba impedindo a ultrapassagem, isso pode ser extremamente chato. 

(a imagem acima é de um grande amigo nosso, que nos ensinou a criar sites como esse para subir :) )


Então, se você não deseja ser xingado e nem causar estresse, quando for dirigir devagar, fique na direito, pois senão você se tornará um empecilho no trânsito, e isso não é nada legal.

Preferência


Vale lembrar que a preferência é sempre de quem está vindo da rotatória, não tem desculpa, além disso, se você está na rotatória nunca dê preferência pois você pode acabar se dando mal, pois quem está vindo atrás de você, também sabe que a preferência é de quem está na rotatória, logo ele não irá parar e pode até mesmo acabar batendo na sua traseira, e sabe quem estará errado nessa? 

Você! Então, não queira ser gentil burlando uma norma, pois você pode se dar mal.

Bebida alcoólica


O que todos já sabem é que bebida alcoólica não combina nem um pouco com o volante, eles formam um conjunto super desagradável. O pior é que muita gente tem noção disso e mesmo assim acaba bebendo e depois indo para a direção, achando que é o bonzão do trânsito e que com ele nunca irá acontecer nada. 

Animal alcoolizado na imagem acima


Vamos combinar, essa atitude é ridícula, não é mesmo? A vida do motorista bêbado ele sabe que está colocando em risco, mas e a vida de outras pessoas inocentes? Essa atitude de beber e depois dirigir pode ser fatal para você e para quem está de fora da história e não nada a ver com isso.

Pedestres


Depois que a pessoa tira a carteira de habilitação parece que ela esquece que um dia já foi pedestre, não é mesmo? 

Muita gente considera essa coisa de prestar atenção, dar ultrapassagem ao pedestre uma gentileza, mas não é só gentileza não meu, a faixa de pedestre existe sim e deve ser respeitada como uma norma de trânsito, pois é exatamente isso que ela é, uma norma de trânsito. 

Então, se você pegou seu carro e não deixou o pedestre passar, lembre-se que você também é pedestre e não poderá ir em todos os lugares com o carro.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

DETRAN da República Domenicana

A segurança rodoviária é inerente, entre outros temas, ao transporte e ao trânsito, dissemos em muitas ocasiões.

Transporte por definição, é o transporte de pessoas ou bens de um lugar para outro. Há três elementos fundamentais ligados a este conceito, que são: Infra-estrutura rodoviária, o veículo e pessoa.

Enquanto o trânsito de acordo com o dicionário, é a atividade de pessoas e veículos que passam por uma rua, uma estrada".Os elementos fundamentais são: Infra-estrutura rodoviária, o veículo e o ser humano.



Tanto o transporte como o trânsito devem ser regulamentados, apesar de que o trânsito ou a circulação em especial é um direito fundamental consagrado na Constituição da República, mas também, na Declaração dos Direitos Humanos e Tratados Internacionais.

A segurança rodoviária é uma disciplina que se fundamenta na preservação da vida, mas também os bens e a saúde dos usuários das vias públicas. Os elementos fundamentais do transporte e o trânsito por via terrestre constituem os fatores de risco para a segurança rodoviária.

Esses fatores de riscos são gerados níveis tão descomunais dos índices de sinistralidade em todo o mundo que tem levado a que a segurança viária seja considerado um assunto de Estado, constituindo-se, hoje em dia, parte da agenda de desenvolvimento dos países avançados, que propõem planos para colaborar com as nações em desenvolvimento e a diminuição dos acidentes viários, as mortes e as lesões em consequência dos mesmos.

Na Rep. Dominicana existe uma rede de estradas de cerca de 18.000 Kms., avaliado em centrais, regionais e locais. Esta rede esta considerada muito boa em relação à densidade territorial, mas em qualidade teria que avaliar para emitir opiniões através de auditoria especializadas, que por outros determinariam suas condições de insalubridade.

Cerca de 3 milhões de veículos a motor são registados na Direcção-Geral dos Impostos Internos, o que também nos diz que existe um grande número deles, a propósito de 9,7 milhões de habitantes, estima-se em todo o território nacional.

Mas em torno de 50% dos veículos que transitam em Rep. Dominicana são de duas rodas, os quais constituem o setor mais vulnerável. O que quer dizer, segundo as estatísticas de mortes e feridos em acidentes de trânsito são os mais afetados em conjunto com os pedestres.

A eficiência na mobilidade, atualmente, está muito sujeita aos avanços da tecnologia e da comunicação. Um bom sistema de controlo e gestão de tráfego garante economias econômicos significativos para o país e minimiza os sinistros.

A falta de planos, de controles e a falta de um regime legal autoritário tornam o trânsito um caos, que se dá como resultado da ocorrência de uma violência rodoviária teve conseqüências para as famílias dos afetados, para a sociedade e para a economia nacional; caos no sistema de transporte e no trânsito.



A Rep. Dominicana, como na maioria de nossos países da região, existe um sistema de autoridade fraco e que se acrescenta a falta de políticas públicas em matéria de segurança rodoviária eficientes.

Isso se traduz na falta de um plano estratégico nacional e global, cujo suporte é suporte sobre a base da educação para uma mudança de comportamento e atitudes dos usuários, além da aplicação de medidas baseadas nos resultados de análises de um Observatório Nacional de Dados confiável, algo que também não tem o nosso país.

A evolução da taxa de mortalidade nas estradas nos últimos cinco anos deve levar-nos a uma profunda reflexão, para evitar o tão elevado número de mortes e feridos produtos dos acidentes de trânsito.

Segundo uma nota de imprensa da AMET, recém-publicada em um jornal de circulação nacional, são registradas mais mortes em nossa rede viária no primeiro semestre deste ano em relação ao de 2009, no valor de mais de 300 vítimas.

As medidas que hoje são tomadas são circunstanciais. Reconhecemos que é um grande esforço feito pela agência fiscalizadora do trânsito. Não obstante, continuam a ser iniciativas midiáticas que não respondem a uma política de Estado, mas a gestão de uma instituição em particular.

A Organização das Nações Unidas foi abordado também o tema em conjunto com os organismos financeiros multilaterais, chegando à conclusão de que é uma obrigação do Estado de estabelecer os Observatórios Nacionais, já que se podem tomar decisões mais acertadas e objetivas, contando com dados credíveis e fiáveis.

A Procuradoria-Geral da República deu a conhecer no passado dia 21 de outubro, um relatório em que se estabelecem os dez crimes mais incorridos em nosso país no período de janeiro a julho do ano em curso, onde se observa que a violação à lei 241 e suas Alterações, há apenas 2 assentadas em todo o território nacional, representando 0% do total de casos registrados no país.



Evidencia-Se uma falha também, quando comparamos os dados da Autoridade Metropolitana de Transporte -AMET - com os da Procuradoria.

Uma publicação anterior dá a conhecer os grandes valores arrecadados pelo conceito de infrações que ultrapassam as centenas de milhões de pesos ao ano, à luz representam são chamados de violações da lei 241 e suas Alterações.

Nos primeiros 7 meses de 2010 registram um número superior a 229,000 violações da Lei de Trânsito. O que se conclui, que o primeiro lugar entre os crimes mais frequentes no nosso país tem que ver com a segurança rodoviária.

Essas e outras razões expostas, nos fazem recomendar que a insegurança rodoviária, na República Dominicana, seja declarada de interesse nacional; que os esforços para a segurança rodoviária, sejam, por vontade política, dando lugar à criação de uma instituição de apoio para elaborar, coordenar e dar seguimento às políticas públicas de Segurança Viária especificamente, cujo objetivo seja o de minimizar os acidentes de trânsito, o número de vítimas fatais e de traumatismos na rede viária nacional, com base nas informações de um Observatório Nacional de Dados, de acordo com os planos Das Nações Unidas denominado "Década de Ação pela Segurança Viária", que consiste em reduzir drasticamente a violência nas vias através de programas nacionais, regionais e globais aplicados até 2020.

Finalmente, República Dominicana inserir os planos de Segurança das Nações Unidas, incluindo o tema no Plano Nacional de Desenvolvimento que esta por ser discutido publicamente.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Como ter sua oficina de customização de carros em casa

Dependendo das necessidades dos clientes, há muitas opções disponíveis para escolher. 

Cada estilo tem sido construído com perfeição para atender a um tipo específico de veículo. A menos que você mantenha isso em mente, você pode acabar fazendo mais danos ao seu veículo, que bom!

Antes de investir no próximo elevador de carros para o seu veículo, aqui está um pouco de algo que você precisa saber para que você obtenha a melhor e a mais adequada para casa!


Dois Pós Carro Elevadores


Existem muitos modelos de carros que vêm com o direct-drive design, dependendo do cilindro hidráulico para levantar o veículo, ao invés de incluir velha escola correntes e polias. Na verdade, o design antigo, não é construído para a longevidade como eles usam, freqüentemente, mais cedo do que o previsto, e, claro, o uso muito! XPR modelos que vêm em Dois Post elevadores do carro são resistentes, vêm equipados com grande cabo de polias, como equalizadores e mais vida. Também é seguro para uso, o que o torna um complemento perfeito para a sua garagem de casa. 

Este tipo de elevadores funcionam melhor em carros que têm pesado traseiros assimétrico e modelos.

Quatro Pós Elevador De Carros


Este é um qualquer hobby sonho! Embora mais utilizado em veículos comerciais, como caminhões, o HD9, 9000 lb variante pode ser comprado por uma garagem de casa e, na verdade, rivais comerciais em contrapartida, 12000 libras, muito difícil! 

Ele também oferece dual mecanismo de segurança com cabo de segurança do sistema, bem como ALI certificada mecânica sistema de segurança em escada. Este elevador do carro é ideal para a sua garagem de casa. Sua escada de segurança é extremamente útil, especialmente quando você estiver trabalhando em esburacada tipo de pavimento. Graças à sua funcionalidade adicional, você será capaz de adicionar nível para o elevador dentro de segundos.


Elevadores De Tesoura


Tesoura de elevadores não são algo que você gostaria de usar por um tempo muito longo, mas eles não dão muito espaço para trabalhar, independentemente do veículo que você estiver trabalhando. 

Bendpak é uma das empresas que fabrica este carro elevador que pode dar o seu veículo em um elevador de até 69". Você pode usar elevadores de tesoura, principalmente para veículos pequenos.

Alinhamento Elevadores


Este é como um cruzamento entre tesoura de elevação e 4-pós elevador. A traseira apresenta flutuante de deslizamento de placas, enquanto a frontal é equipado com raio de viragem-as placas. 

Este é o elevador que é melhor para definir a roda alinhamentos direito, sem muita ajuda profissional!


Baixo Crescimento Do Carro Elevadores


Uma vez que estes elevadores do carro são fáceis de usar e armazenar, elas são ideais para a sua casa ou até mesmo uma pequena loja. 

Estes elevadores do carro são capazes de lidar com até 6000 kg e executado em elétrica e/ou hidráulica. Graças aos seus caiu bares, você tem muito mais espaço para trabalhar, devido à adicionado do solo.